Gotas
Zezé Di Camargo e Luciano

Neste peito afável
O espaço dos anos
Estão diluídas as gotas vermelhas
Percorrem meu corpo
Sem imagem nem planos
Um abismo penetra cá dentro de mim

A face esquecida
A imagem vistosa
Que foi transformada de um jeito absurdo
Tal qual objeto de um sonho esquecido
Me encontro perdido na arca dos sonhos

Vetaram meu mundo fechando os espaços
E me proibiram de tantos direitos
Não é que os defeitos estejam em mim
A causa de tudo é o eterno abandono - bis

A face esquecida
A imagem vistosa
Que foi transformada de um jeito absurdo
Tal qual objeto de um sonho esquecido
Me encontro perdido na arca dos sonhos

Vetaram meu mundo fechando os espaços
E me proibiram de tantos direitos
Não é que os defeitos estejam em mim
A causa de tudo é o eterno abandono - bis