Para
Zezé Di Camargo e Luciano

Para!
Eu já disse, tô falando sério
Para de piscar, de mandar beijo
Para de ligar, tô preocupado
Vai piscar pra outro lado

Para!
Desse jeito, eu juro, não resisto
Para de morder a boca, para!
Vê se me erra, sai da minha frente
Não vê que o coração é cego

Eu não sou anormal
Eu tenho sentimento
Mas não preciso de um caso pra me amarrar
Eu jurei ser fiel
Não saio de motel
Às cinco horas da manhã, com outra mulher

Quem sabe lá no bar, depois que terminar
A gente voa, vai pra qualquer canto, se amar
Se eu te levar pro céu, vou te fazer arrepiar
Quem vai enlouquecer, no fim, vai ser você

Para, para, para, eu não aguento
Para, para, eu tô falando sério

Para!
Desse jeito, eu juro, não resisto
Para de morder a boca, para!
Vê se me erra, sai da minha frente
Não vê que o coração é cego

Eu não sou anormal
Eu tenho sentimento
Mas não preciso de um caso pra me amarrar
Eu jurei ser fiel
Não saio de motel
Às cinco horas da manhã, com outra mulher

Quem sabe lá no bar, depois que terminar
A gente voa, vai pra qualquer canto, se amar
Se eu te levar pro céu, vou te fazer arrepiar
Quem vai enlouquecer, no fim, vai ser você

Eu não sou anormal
Eu tenho sentimento
Mas não preciso de um caso pra me amarrar
Eu jurei ser fiel
Não saio de motel
Às cinco horas da manhã, com outra mulher

Quem sabe lá no bar, depois que terminar
A gente voa, vai pra qualquer canto, se amar
Se eu te levar pro céu, vou te fazer arrepiar
Quem vai enlouquecer, no fim, vai ser você

Para, para, para, eu não aguento
Para, para, eu tô falando sério

Eu tô falando sério
Eu tô falando...
Eu tô falando sério

(Para!)